sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Hidratação de couro - conservando os bancos de couro

Os bancos de couro são uma ótima opção para quem gosta de carro limpinho: não acumulam tanta sujeira quanto os estofados comuns, são mais fáceis de limpar, e são relativamente impermeáveis. Também são mais caros, mas isso é outra história...


Mas, com o tempo, esses bancos também precisam de manutenção: mesmo com a limpeza regular, o couro pode ir ficando encardido. E mais: o couro sempre resseca com o tempo. Assim, ele pode adquirir um aspecto envelhecido, ressecado, engelhado, sem brilho, descorado (sem cor) e ainda pode apresentar rachaduras. Quando o couro fica rachado, perde muitas das suas vantagens, pois ele fica áspero e a poeira pode acumular nas rachaduras. O couro preto fica acinzentado, e o couro cinza fica com uma cor muito estranha. O couro ainda fica enrugado e com pés-de-galinha.


Como solução, há os processos de hidratação, revitalização, higienização e lavagem de couro.


Este banco estava áspero, opaco e com marcas de ressecamento:



Foi feita a higienização do couro, e em seguida a hidratação:


Veja como a superfície perde a aspereza, a opacidade (couro opaco) e readquire seu brilho, ficando mais lisa, regular, com aspecto de couro novo, muito brilhoso. 


A hidratação pode ser feita quando o couro já está danificado, mas também pode ser feita de forma preventiva. Pode-se programar hidratações periódicas do couro, para que ele nem chegue a ressecar.


Pode-se também recuperar o odor de couro novo, que se perde ao longo do tempo, utilizando produtos especiais, disponíveis em nosso Centro Automotivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário